segunda-feira, 23 de março de 2009

Em distancia de saudade

São minhas palavras que te falam em amor
No distante de nossos corpos um sentimento de desejo
A musica que toca suave aos nossos ouvidos se faz ouvir em distancia
A razão de estar tão próxima de uma distancia sem olhar
Meu eu não se cala em pensar em você
Um grito que sai da alma clama por ti
Em desejos de teu corpo ao meu estar
Idêntico nossas almas que se amam em distancia
Em teu nome abrigo meu amar
Tu minha amada...
Meus dizer-te amo não basta mais para mim
Procuro-te em meu existir
Em distancia de saudade e mares te amo
Em amor tão próximo que nem rochas obstruem
Hoje estas em minha boca como verbo
Amanha estares em meus braços como eterna minha
Amor meu, meu amor
Não satisfazem mais versos e lagrimas
Basta você que abita em mim
Buscarei-te para sempre
Conserve agora minhas palavras de amor
Pois amanha nosso será

Rodrigo szymanski

Nenhum comentário: