sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Musa.. Vem

Vem ser minha musa
Minha doce conduta
Nos dias sem sol
Quero você como meu farol

Vem assim sem mistério
Afetuosa (des)conceber o inverno
Ser meu asilo
Meu delicado-incerto abrigo

Vem sem temor
Deixa-me ser seu amor
Ao menos tentar
Prometo com beijos te exilar

Vem que aprendo a cantar
As canções por ti desejadas
Escrita por teu pedido
Quero te ter como poesia

Rodrigo szymanski
01/10/10

3 comentários:

DANIZINHA disse...

Um suspirinho para suas doces palavras.

um abraço

Valendo à pena disse...

ahhh como é bom amar alguém, e ser amado...como é bom o amor, que seja eterno ou tanto faz, mas, que seja real, ahhh amar ainda continua sendo um mistério a desvendar...

adorei as lindas palavras aqui escritas, sempre estarei aqui para prestigiar
beijos

Djeisa disse...

*-* lindo!!