quarta-feira, 12 de agosto de 2009

(des)encontro

Teu olhar de menina
Distante do meu
Desejo de sonhos-madrugada
Em horizontes que se perdem
No azul do firmamento
O azul do olhar
Nos dias e noites
Da serra e mar... Lagoa cristalina
Nos instantes perdidos
Sem nada a dizer
Sem nada a escutar
Em tudo a olhar


Rodrigo szymanski

Nenhum comentário: