sábado, 2 de fevereiro de 2008

"Escolhe, pois, a vida"



"Escolhe, pois, a vida"
É com este tema que se realiza a campanha da fraternidade deste ano de 2008. Vivemos em uma sociedade onde prevalece a cultura da “morte”, onde se mata por nada, uma cultura de morte e de matar, de destruir de não respeitar, a VIDA maior dom de Deus, seja a vida de nos humanos seja a vida de nosso planeta, vivemos como nos diz Leonardo Boff entre o “cosmo e o caos“, optamos muitas vezes pela morte seja ela na vida de nossos jovens que destroem sua vida no uso de drogas, na construção da violência, seja na destruição de nossas matas, de nosso ecossistema, seja na destruição de tudo o que gera a vida.
Hoje nosso sistema capitalista cada vez mais gera esta cultura de “morte” onde quem tem mais, pode mais, onde quem não tem se acaba de tanto trabalhar e as vezes não consegui sustentar seus filhos, educação sua família e La se cria uma incubadora de morte, creio eu que este sistema em que vivemos e o maior causador de tanta destruição em nossos dias, e em nossa historia. Vivemos marcado pela marca da exploração, de não possuir oportunidades, de não ter condições de se alimentar, de educar, de garantir a saúde de sua família, e este sistema que prega o INDIVIDUALISMO como o que mantém sua estrutura, e o que vai garantir sua elevação na vida, grande mentira enquanto muitos poucos ficam ricos a grande maioria sofre com ilusões de um dia ser e ter poder, isso tudo para poder afastar as organizações populares de pessoas que se organizam e devem fazer isso para garantir a sua vida, devemos resistir a este sistema e ter uma opção popular parar nossa vida.
O mesmo sistema que prega a “morte” quer garantir que aja políticas publicas que não são para o bem do povo, um exemplo é a redução da maior idade penal que quer trazer aquelas vitimas do sistema de “morte” para dentro de uma cadeia para retirar estes “ maus” elementos que corrompem a sociedade, maldito seja tu que acredita que tirando a liberdade de quem nunca teve oportunidade mudara o mundo, e necessário prezar pela vida, garantir que todos possam viver, com condições básicas e oportunidades verdadeiras para sermos uma nova civilização marcada pela “ VIDA E VIDA EM abundância” não será neste sistemas que vamos mudar a vida ou que vamos garantir a vida para todos....
É necessário optar pela vida e você também deve fazer esta opção, em escolher a vida, em saber que somente optando em salvar o que se esta morrendo é que vamos alcançar a tão sonhada civilização do amor....
Escolhe, pois , a vida e não te arrependeras de vivem em abundância...


Rodrigo Szymanski
Militante da PJ
“O que não tem sabor de vida não merece nossa escolha” Pe Ludgero Buss

Um comentário:

ninha710 disse...

Bem hj é domingo de caranval e vim aqui te dizer que li sim o texto e tb gostei muito, vc pode até publicar na revista da diocese.
bjs xatinho
Ana Elisa